Destruindo boas idéias…

Um dos blogs que acesso normalmente é o do Scott Berkun, que é autor de um livro muito elogiado na área de gestão de projetos, The Art of Project Management. Um post recente fala sobre as atitudes que são destruidoras das boas idéias ou boas iniciativas, que anulam a criatividade. São elas: -essa nós já tentamos; -isso nunca vai funcionar; -parece uma coisa esquisita; -você está despedido; -(muitos risos); -está fora do nosso orçamento; -não é um problema interessante; -nós não temos tempo; -executivos/investidores nunca vão apostar nessa idéia; -está fora do escopo; -mas essa é a lei…; -muito otimista, está vendo o céu azul demais; -esse trem está pegando fogo; -não vai render dinheiro nenhum; -está fora do nosso negócio; -não vai ter um bom desempenho nos negócios; -afinal, em que você está metido?; -alguém pode trazer uma pessoa que tenha cérebro?; -isso não é o que as pessoas desejam; -(silêncio total). Exemplos de aplicação não faltam nos livros de empreendorismo: transistor, inclusão de som no cinema mudo, telefone, rádio…

Um dos temais mais desafiantes na área de Empreendedorismo é exatamente a questão da criatividade e sua relação com a inovação, que é um dos fatores críticos de sucesso em qualquer empreendimento na atualidade. O sistema educacional da maioria dos paises não prepara os alunos para serem criativos e inovadores. Pelo contrário, os alunos são mais estimulados a seguirem regras estabelecidas, sem desenvolver a capacidade crítica e visão sistêmica de problemas e situações. O livro Um toc na cuca, do Roger Oech, trata muito bem esse assunto com uma linguagem muito simples e até engraçada.

Essa lista foi coletada em uma sessão rápida de tempestade cerebral (brainstorming) sobre o tema, em um curso dado pelo Scott Berkun recentemente. Ela não é definitiva e aceita acréscimos, fiquem a vontade para melhorá-la…

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Publicado em Carreira
6 comentários em “Destruindo boas idéias…
  1. smarzaro disse:

    Zé, valeu pelas dicas…vou dar uma olhada neste livro…

  2. Joao Gazolla disse:

    Otimo post ! Com certeza, com total razão…

    Veja só na universidade, em 99% das disciplinas da universidades, somos instrúidos, a atuar como robôs, seguindo plenamente as regras que os professores criam, e não como seres pensantes…

    Acredito que muito mais que a inteligencia, talvez mais importante seja a imaginação e a logica, pois essa computadores e maquinas ainda nao sao capazes de cria-la…

    A partir do momento que voce entra na universidade e decora, voce sai sabendo pouco muito pouco, mas a partir do momento em que você cria uma lógica entre as coisas, você só precisa do ponto inicial, e todo pensamento vem naturalmente através de conexões feitas por você mesmo.

    Talvez a frase de alguém mais importante, possa confirmar tal teoria, Einstein falou o seguinte: “A imaginação é mais importante do que o conhecimento”

  3. PG disse:

    Muito bom Zé… e concordo com o Gazolla.

  4. […] Continuando a série que iniciou no blog do Zé sobre  “idea killers”, segue agora uma sequência de “idea growers” sugeridas pelo Scott Berkun: […]

  5. smarzaro disse:

    uai…ia colocar um comentário aqui dizendo que tinha colocado o complemento no meu blog…esse post aí em cima apareceu automático aqui mesmo?!?! ponto para o wordpress!!! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: