Evolução do perfil do profissional de TI

Grandes mudanças ocorrem lentamente, principalmente as que envolvem mudança cultural. Tirar alguém da sua zona de conforto, alterar hábitos, estruturas e relações não é algo que aconteça da noite para o dia, leva tempo, muito tempo, que pode chegar a gerações. Uma mudança que está ocorrendo lentamente, e que agora começa a aparecer com mais força, é a do perfil do profissional de TI. A figura do nerd dos anos 70 está dando lugar à do profissional com formação abrangente, com conhecimento em áreas de administração, economia, gestão de projetos e seus desdobramentos, liderança, fluência em inglês pelo menos (antes era apenas conhecimento de outra lingua), domínio de platéias, boa fala e ótima escrita, e vamos por ai afora.

Uma entrevista recente com Robert Keefe, próximo presidente da SIM – Society for Information Management, publicada na ComputerWorld Q&A deixa claro que essa evolução de perfil já é considerada coisa do presente, e não mais do futuro. Segundo ele, as maiores preocupações relativas a perfil profissional da área concentram-se em conhecimentos na área de negócios (business skills), alinhamento da TI com a área de negócios (IT-business alignment) e capacidade de liderança. A despeito dos demais pontos levantados por ele, somente esses requisitos ai já significam um enorme desafio para os profissionais da área. A TI está deixando de ser considerada uma simples área de suporte, que fica confinada lá nos porões das empresas, responsável por todo tipo de erros e falhas que acontecem no dia a dia da empresa, para se tornar uma área estratégica e alinhada com a área principal de negócios, assumindo representação nos níveis administrativos mais altos.

A escola, por melhor que seja, não consegue atender plenamente a essa demanda, e essa formação abrangente tem que ser alcançada pelo próprio profissional durante a sua graduação ou depois de formado. A formação tem que estar sempre no topo das preocupações dos profissionais de TI (e de qualquer área), um processo contínuo em que oportunidades têm que ser enxergadas claramente e aproveitadas no momento certo. Já chamei atenção dos leitores para essas exigências de formação em postagens anteriores, visitem a categoria Carreira aqui no blog para verem todas elas. Esse assunto vai continuar por aqui por um bom tempo.

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Publicado em Carreira
5 comentários em “Evolução do perfil do profissional de TI
  1. Emílio Gonçalves disse:

    Olá Zé Luis;

    Parabéns pelo blog.
    Acho que hoje em dia o grande desafio para um profissional da área de TI se manter atualizada é a grande quantidade de informação disponível, saber filtrar o que é útil do que não é. Tendo em vista a evolução do perfil do profissional de TI, como um recém formado em ciência da computação pode se preparar para não ficar para trás no mercado?

  2. railer disse:

    zé luis, concordo contigo.
    eu achava que minha formação muito técnica precisava ser compensada com alguma outra base. daí a minha opção por fazer a pós-graduação em comunicação com o mercado. não só me ajudou a abrir os olhos para as questões mais administrativas e gerenciais como também no que diz respeito a gestão de pessoas.

  3. A tendência não é apenas para a área de TI, essa evolução do perfil profissional vale para todas as áreas. E a pressão continua muito forte, e os cursos de graduação não conseguem e não têm como atender a mais essa exigência de formação. Alguns pulam na frente, como o curso de Informatics da University of Indiana em Bloomington, tem um curriculo de fazer inveja, que comentei na postagem https://zeluisbraga.wordpress.com/2007/03/31/carreiras-e-graus-academicos-em-computacao/
    Observe que a maioria dos administradores de grandes corporações e empresas de grande porte é de engenheiros. Talvez pela estrutura do currículo, que inclui disciplinas voltadas para gestão, etc. A palavra do momento é ecletismo… abraço

  4. […] olhei com atenção seus nomes, cargos e empresas. E qual não foi a minha surpresa? Todos eram da área de TI. Daquele instante em diante, aí sim, eu tive que olhar pelo retrovisor e tirar algumas […]

  5. rejane vargas disse:

    olá eu adorei tudo que vc disse e me ajudou muito a fazer um tabalho sobre a evolução do perfil profissional , ainda não sei se tirei 10 mas espero que sim!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: