Big brother cada vez mais próximo…

E a privacidade?

E a privacidade?

Que o anonimato foi pro espaço com o surgimento da internet, é fato consumado e aceito por todos. Basta entrar em uma máquina de busca qualquer, e digitar seu nome completo, e você vai se assustar com a quantidade de informação que aparece. Artigos publicados, palestras, processos públicos, página na web, blog, trechos de mensagens trocadas em fóruns públicos e sitios de relacionamentos, enfim, não há como a gente se esconder atrás do anonimato. A perda do anonimato é parte do preço que se paga pelo conforto e facilidades oferecidos pela internet, e já é bem aceita principalmente entre as novas gerações, que já nasceram e estão sendo criadas (ou já foram) no novo contexto. Os cuidados a serem tomados são conhecidos, e parece que a maior parte da garotada já nasce vacinada contra os possiveis problemas. Normalmente quem escorrega são os internautas das gerações mais antigas que pegaram o bonde andando.

Bom, mas cá pra nós, privacidade é fundamental, e ninguém abre mão dela. Ninguém quer ser bisbilhotado de forma intrusiva e sem consentimento prévio, como por exemplo pode acontecer com os cookies que ficam residentes nas nossas máquinas acompanhando os acessos aos sitios de onde foram enviados. A maioria deles se instala com consentimento (maioria dasa vezes sem nem ler do que se trata) do usuário, os browsers possuem opção de não permitir download de cookies automaticamente. Mas… vez por outra aparecem algumas noticias que deixam a gente um pouco mais preocupado. Como por exemplo a possibilidade de, a até 10 metros de distância, os cliques de um teclado poderem ser capturados e os sinais decodificados via um osciloscópio, o que permite a identificação dos caracteres digitados (vejam a noticia aqui, obrigado Vinicius!). Na prática, significa que com muito pouco esforço, é possível saber no apartamento ou na sala do lado, o que a gente anda digitando no teclado. Danou-se a privacidade, da mesma forma que ela se dana quando a escuta telefônica é feita indiscriminadamente sem autorização prévia da Justiça, como noticiado pela mídia com uma frequência assustadora na minha opinião.

Bom, para piorar um pouco as coisas, li outra noticia de um experimento que está sendo desenvolvido na University of Bath, na Inglaterra. O projeto tem como objetivo estudar a movimentação das pessoas nas cidades, usando informações emitidas por sinais de rádio do BlueTooth transmitidos de dispositivos tais como aparelhos celulares, laptops ou câmeras digitais. Segundo os pesquisadores, as pessoas não são identificadas, e o interesse não é por nenhum cidadão em particular, mas sim a obtenção de padrões de movimentação que permitam planejar a melhoria de ruas e outras vias de acordo com o padrão de tráfego observado. Normalmente, o objetivo nunca é o de invadir privacidade de ninguém, mas uma vez desenvolvida a tecnologia e seu uso disponível a baixo custo, quem garante que não vamos ser monitorados por ai, como acontece no (excelente) filme Enemy of the State?

O conforto é que a gente sempre pode desligar o bluetooth de nossos aparelhos. Mas, será que vai adiantar tanto assim? Na minha opinião, o ônus mais uma vez é do usuário das novas tecnologias, que tem que saber o que está fazendo, conhecer os riscos de usar a tecnologia que está usando, e se prevenir adequadamente contras as invasões. É o preço que pagamos…

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com: ,
Publicado em Social, Tecnologia
Um comentário em “Big brother cada vez mais próximo…
  1. André disse:

    meu email ta falso ai… to até com medo…..kkkkkkkkkk

    Zé isso ai é aperitivo se vc for ver o filme que te mandei e que to falando a tanto tempo com vc…. No final vc vai entender do que eu estou falando… lembre-se somente das siglas RFID.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: