Educação superior nos EUA: $$$$$

Estando do lado de cá, muitas vezes as pessoas não conseguem perceber claramente a realidade do lado de lá. E fica aqui se lamentando e achando que tudo do lado de lá é melhor. Por exemplo, os custos da educação superior nos EUA estão ficando proibitivos, e a previsão é a de que em 25 anos (2034) a maioria das famílias estadunidenses não vai conseguir arcar com esses custos.

Parte do preço...

Parte do preço...

Vejam os números: esse custo subiu 439% de 1982 a 2007 (sem correção da inflação no periodo), ao passo que os ganhos de uma família estadunidense típica subiu apenas 147% no mesmo periodo. Apenas para comparação, 0s custos com medicina (planos de saúde, atendimento médico, remédios…), considerados o grande vilão em qualquer canto do mundo, subiram 250% no mesmo periodo. A consequência imediata é que dobrou na última década o número de empréstimos assumidos pelas famílias estadunidenses para pagar a educação superior de seu filhos.

Last year, the net cost at a four-year public university amounted to 28 percent of the median family income, while a four-year private university cost 76 percent of the median family income”. Somente o pagamento de taxas escolares consome 11% do ganho de uma familia estadunidense, e a previsão é a de que se as coisas continuarem no mesmo ritmo, esse percentual será de 24% em 2036 (por aluno…).

E do lado de cá? Claro, os custos também são muito altos nas universidades particulares, para onde uma grande maioria dos jovens tem que correr porque não consegue entrar em universidade pública, pois  não conseguimos  atender à enorme demanda que cresce a  cada ano. A maioria vai para o mercado de trabalho, para tentar economizar alguns $$$ para pagarem o cursinho e tentarem o vestibular  novamente no ano seguinte. Até passarem, ou então sucumbirem diante da realidade e partirem para um curso em faculdade privada. Pior ainda é se formos olhar os enormes custos para o primeiro e segundo graus em escolas  particulares, que são muito mais altos que na universidade.

Do lado de lá, o estado garante o estudo gratuito desde a pré-escola até o fim do secundário, quando os jovens completam 16 ou 17 anos e vão seguir seu rumo (elementary school, middle school e high school). Ou seja, uma formação básica é garantida pelo estado, dando condições mínimas de sobrevivência a todos os cidadãos, e isso pode ser considerado um avanço em termos sociais e de formação do cidadão.

Enfim, os sistemas não são totalmente comparáveis, as economias menos ainda, as prioridades menos ainda, e vamos por ai afora. Em vários aspectos, vivemos em um país mais justo e que talvez, exatamente por isso, será um grande exemplo para o resto do mundo em futuro próximo. Essas são apenas notícias que cada um tem que saber como inserir na sua base de conhecimento sobre o mundo atual.

(leiam a noticia completa)

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com: ,
Publicado em Economia, Educação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: