Tênis: Nadal x Verdasco

 

Australian Open

Australian Open

Está rolando o primeiro torneio Grand Slam de tênis do ano, o Australian Open (os outros três são Roland Garros, Wimbledon e USOpen, nesta ordem de ocorrência). O Australian é jogado em quadra dura, Roland Garros no saibro, Wimbledon na grama e USOpen na quadra dura novamente.

Hoje, 30/01,  às 18:30 na Austrália (fuso de 12 horas adiante), e às 6:30 da manhã do mesmo dia aqui no Brasil,  foi jogada uma das duas semi-finais masculinas entre Rafael Nadal, primeiro do ranking da ATP,  e Fernando Verdasco, décimo-quarto do ranking, ambos espanhóis e ambos jogam com a mão esquerda.   O jogo durou 5 horas e 14 minutos, é mole? Foi pau a pau o jogo todo, toma lá dá cá, a diferença entre os dois jogadores foi imperceptível, os escores dos sets foram 6-7, 6-4, 7-6, 6-7, 6-4 (Nadal-Verdasco). E foi cansativo? nem um pouco, apesar de o Nadal ser aquele jogador de muita explosão e um preparo físico invejável, mas de muito pouca estratégia em quadra, o que torna seus jogos cansativos e até certo ponto previsíveis. Ou melhor, ele tem estratégia, que é dar pancada em todas as bolas e chegar em todas elas, até naquelas em que a gente acha que não vai dar tempo. E tem uma precisão e confiança incriveis, concentração invejável. 

O Verdasco apresentou um jogo e tanto, muito preciso e confiante, poderia ter ganhado se o psicológico não tivesse batido forte no último set, misturado talvez com o enorme cansaço por uma partida tão longa. Ele cometeu duas duplas faltas, a última delas no último ponto que deu a vitória ao Nadal. Isso é mortal no tênis, pois cada dupla falta tem o efeito devastador de baixar a confiança do jogador e aumentar as chances de ele cometer outra logo adiante. Foi o que se viu no jogo entre a Elena Dementieva e Serena Williams, em uma das semi-finais femininas. A Dementieva cometeu uma enormidade de duplas faltas (esse é considerado seu ponto fraco), ficou moralmente abatida, e perdeu o jogo para a demolidora e precisa Serena Williams. Apesar de ter recursos e jogo para ganhar da Serena. 

A final feminina vai ser amanhã, sábado, no mesmo esquema de horário (6:30 aqui, 18:30 lá), entre a Serena Williams e a Dinara Safina. E a final masculina no domingo, mesmo esquema de horário, entre Rafael Nadal e, claro, Roger Federer. Mais um confronto entre os dois e, pelo que pude ver nesse Australian (foi dureza, maioria dos jogos de madrugada), o Federer recuperou a confiança e voltou a jogar como nunca.  Mas, final de Grand Slam sempre é um enorme peso para os jogadores, tudo pode acontecer. Domingo comento sobre esse jogo, não percam…

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com: ,
Publicado em Esporte, Saúde
Um comentário em “Tênis: Nadal x Verdasco
  1. Rafael Menta disse:

    é zé.. e foi um jogasso! uma pena que no final o federer não aguentou e perdeu mais uma vez.. virou freguezão do nadal mesmo..

    abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: