Cloud computing

Nuvens

Nuvens

Cloud computing, ou computação em nuvens, é a promessa de virada tecnológica para o início deste século, e que começa a se materializar. O conceito de localidade muda completamente: dados, programas, sitios web, blogs, textos, Orkut, Facebook, Twitter, etc., tudo fica espalhado na nuvem, nunca saberemos onde eles vão estar fisicamente. E interessa saber? Acho que não interessa, quem é usuário de serviços do Gmail, por exemplo, já vive essa realidade há um bom tempo. Onde ficam nossas mensagens? Em qualquer canto de algum servidor de dados do Google, que por sua vez pode estar em qualquer lugar do mundo onde haja datacenters da empresa. Os conceitos que passam a ser mais importantes são os de acessibilidade,  disponibilidade, privacidade e segurança, que passam a ser garantidos pelo provedor do serviço e saem da nossa esfera de controle.

A mudança cultural também é muito grande. Com acesso à internet, que está cada vez mais fácil e barato (exceto no Brasil que tem os serviços mais caros do mundo), teremos acesso a todos os nossos dados a qualquer instante e em qualquer lugar. Acaba aquela idéia de que meus dados estão no computador lá de casa, tenho que ir lá com o pendrive e pegar o que for necessário. Ainda é possível ver focos de resistência, como por exemplo pessoas  que ainda usam clientes locais de correio eletrônico, baixam todas as mensagens para o computador local, ao invés de usar o serviço de correio pela web. Mas, a mudança é cultural, a curva de aprendizagem é funda, leva tempo.

Essa mudança já está tendo impacto nas empresas que fornecem serviços e sistemas organizacionais e administrativos pela internet. O novo conceito é o cliente pagar pelo uso como já fazemos com a energia elétrica, água e telefone, ao invés de ter que instalar um sistema completo em servidores locais, ter técnicos especializados locais para cuidar da manutenção, instalar firewall de proteção, fazer backup dos dados e programas, e por ai vamos. A empresa Salesforce, por exemplo, é uma das pioneiras no oferecimento desse tipo de serviço pela web.  A tendência está sendo seguida por outras empresas que atuam na área comercial, já que o avanço da tecnologia disponivel vai empurrar todo mundo para esse tipo de solução.

Em uma postagem de janeiro de 2008, Amazon.com e a inovação, eu já havia comentado sobre o avanço dessas tecnologias associadas à computação nas nuvens. Nesse tempo que se passou desde aquela postagem, a Amazon.com avançou no conceito e no oferecimento de serviços de computação nas nuvens, vejam esta postagem no blog do Vinicius Carvalho sobre o assunto, com detalhes técnicos. Por uma ninharia e com muito mais conforto, qualquer empresa teria acesso aos serviços de Elastic Computing oferecidos atualmente pelos servidores da Amazon.com. Ou melhor, oferecidos no espaço de discos e de tempo que sobram do uso próprio da Amazon.

Como se isso não bastasse, ainda tem mais uma revolução tecnológica vindo por ai. Em breve, os computadores virão sem sistema operacional, ou seja, sem Windows, Linux ou outros.  Terão apenas o navegador web (browser), que será ativado quando o computador for ligado. E tudo será feito via o navegador, que terá embutido nele o núcleo de um sistema operacional para a web, abrindo a navegação na internet, a execução de programas, etc. Ou seja, o navegador vai ser o novo sistema operacional. O Google já avançou muito nesse aspecto, com o navegador Chrome e a plataforma Android. A Microsoft não está parada, e está levando adiante o projeto do Gazelle, um navegador que tem a mesma finalidade. Tudo isso está logo ali adiante, muito em breve vamos ter essas novidades disponiveis. E haja banda de internet para aguentar o tráfego…

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com)

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com: , ,
Publicado em Economia, Educação, Tecnologia
3 comentários em “Cloud computing
  1. Mateus disse:

    Realmente Zé. Essa nova tecnologia tá vindo e parece que pra ficar… pelo menos até inventarem algo diferente.
    O problema é que não sei até que ponto confiar nessa tecnologia, ainda mais as gratuitas, como o Google.
    Atualmente, 70% dos meu dados e documentos então nestes servidores celestiais…
    Tomara que me não me deixem na mão!
    Abraço.

  2. Léo disse:

    oi Zé, talvez a computação nas nuvens possa ser utilizada para testes de usabilidade ou avaliação das ferramentas. segue um referencia para o azure da MS.
    abraço Léo

  3. railer disse:

    eu já tinha lido sobre esse conceito e acho que o futuro é por aí mesmo. só é preciso atenção aos quatro pontos que você mesmo citou: acesso, disponibilidade, privacidade e segurança.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: