Nokia: notebooks com Android vindo ai…

NetBook

NetBook

Estamos presenciando mais uma onda tecnológica, caminhando para a tão falada convergência digital. O nome dado pela indústria ao novo brinquedo foi NetBook que, pelo menos para mim, não tem muito sentido, continua sendo um notebook com recursos limitados de processamento. Recentemente, alguns blogueiros de tecnologia falaram exatamente a mesma coisa.

Há umas duas semanas, o meu netbook finalmente chegou lá no DPI. Comprei via projeto, por necessidade mesmo, pois detesto gadgets e somente troco de aparelho quando o antigo já abriu o bico. Tela de 10.1″, um pouco maior que as que tinham aparecido inicialmente, HD de 160Gb, 1Gb de RAM, microfone e câmera embutidos, wifi de ótima qualidade, um monte de porta USB, conexão para datashow, o teclado é confortável, dá para teclar “normal”, 1.3Kg e a bateria de 6 elementos que aguenta o tranco por mais de 6 horas!!!  Vai substituir o  Toshibão já antigo (2005) e folclórico entre meus alunos, pesado demais, não tem nada de portátil, é no máximo portável, quase um desktop móvel.

O importante é não esperar demais de uma máquina dessas, não exigir mais do que elas conseguem entregar. Capacidade de processamento, por exemplo, podemos deixar de lado, é muito limitada. Não serve, ou pelo menos por enquanto não serve,  para desenvolvimento utilizando ambientes pesados como um Eclipse ou NetBeans. Por outro lado, são perfeitas para serem carregadas para todo canto, uso em reuniões, anotações rápidas, apresentações de trabalhos, aulas, e para uso em comunicações de modo geral, usando os recursos da placa de rede wifi. E eu entendo que esse é seu principal uso.

Mas, como são máquinas baratas e parece que cairam no gosto “popular”, os fabricantes enxergaram ai um nicho para melhorar as vendas. Por exemplo, a Nokia anunciou recentemente um netbook, a ser lançado em 2010, com sistema operacional produzido em cima da plataforma para uso com dispositivos móveis Android da Google.  Essa máquina anunciada já é resultado da parceria celebrada entre a Nokia e a Intel, é um enorme primeiro passo para uma mudança que já foi anunciada há algum tempo: o fim das máquinas (inicialmente as portáteis) com sistema operacional local.

A tendência é o browser nativo da máquina ser a porta de saida e entrada para todo tipo de uso, e as suites de escritório, planilhas, apresentações, plataformas de desenvolvimento, bancos de dados, etc., ficarem todos em servidores remotos, com muito pouca coisa na máquina local.  A intenção da Google com o lançamento do Android em parte  foi essa, e quem usa os recursos oferecidos pelo Google (Gmail, Docs, Groups, Reader…) já vive essa realidade de usar sistemas remotos, nada ou quase nada na máquina local. Nesta semana, a Google anunciou no Google Blogs a noticia do sistema operacional associado com o GoogleChrome, vejam a noticia aqui. Aconteceu mais rápido do que o mercado esperava, significa que muito em breve teremos celulares com um grande poder de processamento e um monte de recursos remotos, e os netbooks vão ter ai seu uso principal.

A Microsoft segue no rastro da Google para não perder a corrida, com o projeto Gazelle, e os primeiros passos já estão sendo  dados, com o Office e outros serviços oferecidos via rede.  A mudança que vai se seguir é cultural, ainda temos muitos usuários tecnófobos insistindo em usar cliente de mail nas máquinas locais, por exemplo, sob os mais diversos argumentos (lembram do Eudora? e do Thunderbird? claro que não…). Todos eles relacionados de alguma forma com a tecnofobia…

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com)

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com: ,
Publicado em Economia, Tecnologia
Um comentário em “Nokia: notebooks com Android vindo ai…
  1. railer disse:

    parabéns pela nova aquisição. é, zé, o google já dominou a terra, o mar, até o espaço. e cada vez fica mais dono do cyberespaço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: