Post de número 200 (ducentésimo)

Ducentésimo

Bom, depois de quase quatro anos de existência deste blog, postagens mais ou menos a cada semana, chegamos à ducentésima postagem. No nosso sistema decimal, 200 é um número simpático, é um “dois seguido de dois zeros”, como de resto o 3000 é um “três seguido de três zeros” (será que o blog chega lá?),  seguindo a relação(n * 10**n, n>=0). Mas mesmo tendo apelado para essa relação simpática na nossa cultura, é tão importante assim a ducentésima postagem? Acho que é sim, muitas lições aprendidas aqui no blog. Por exemplo, o número de acessos diários caiu bastante, ano passado ficava por volta de 130 a 140,  esse ano caiu para 100 a 120 até março/2010. Queda explicada em parte pelo desinteresse dos jovens pelos blogs, com aumento de interesse pelo Twitter e outros tipos de redes. E em parte também pelo tipo de assunto e a qualidade das postagens daqui do blog, que podem não estar atraindo tanta atenção assim, apesar dos meus esforços para monitorar os assuntos que despertam mais a atenção.

A idéia inicial dos blogs era de ser uma ferramenta para geração de conteúdo pelo usuário final, dentro do espírito da web2.0, e foi muito utilizado inicialmente como um diário. Hoje seu uso diversificou-se, e a blogosfera está lotada de ótimos blogs de notícias, de tecnologia, de opiniões e de análises muito bem feitas sobre as nossas realidades e sobre qualquer assunto. Além, é claro, dos interessantissimos blogs de resistência às ditaduras pelo mundo afora, como por exemplo o blog premiado da Yaoni Sánchez de Cuba, que utiliza o blog como uma forma de mostrar a dura realidade de viver sob uma ditadura como a deles, e esse é apenas um dos exemplos. Ou o conhecido Voices of Africa, dedicado aos enormes problemas dos nossos irmãos do continente africano, ou o Reporters sans Frontiers, blog de repórteres que fazem cobertura de eventos pelo mundo afora, e que usam o blog para publicarem as partes das noticias que os jornais não publicaram por alguma razão.  Sabendo encontrar o conteúdo que interessa, a gente pode ficar muito bem informado com poucos minutos diários de leitura, o que explica em parte a queda vertiginosa de interesse pelos jornais impressos.

Com o surgimento do Twitter, muita gente migrou para lá, inclusive eu mesmo. Abri um conta e comecei a twittar (novo verbo a ser incorporado à nossa língua em breve, acompanhando googlar, postar e outros), mas de experiência própria, é muito mais dificil criar tweets interessantes e ter algo a dizer, do que escrever boas postagens de blog.  E muitos usam o twitter apenas como mais uma ferramenta de comunicação, como se fosse um chat com 140 caracteres de limite de mensagem. O grande problema continua sendo o mesmo: onde está a relevância do que vai ser lido? quem deve ser seguido, quem tem algo importante a dizer e que mereça ser lido? Ninguém tem tempo para ler tudo, ou será que tem?

O que tenho percebido é que postagens técnicas em engenharia de software, sistemas de informação e outros temas técnicos atraem mais atenção. Mais ou menos esperado, pois as novas gerações infelizmente não lêem livros, preferem ler noticias curtas sobre temas importantes a ter que ler um capitulo de um bom livro, formador de opinião e de bagagem intelectual. Esse tipo de postagem, embora mais fácil de fazer, é a que procuro evitar pois vai ser apenas mais um escrevendo sobre algum tema já mais que batido, conhecido e divulgado num monte de livros técnicos da área. As postagens sobre carreira e empreendedorismo atraem mais atenção do público leitor, e são mais dificeis de escrever, exigem mais pesquisa e leituras para tornar o conteúdo interessante. A falta de tempo livre explica, claro, porque essas postagens são mais escassas aqui no blog.

Enfim, espero que vocês leitores continuem me prestigiando com as visitas ao blog, mesmo que em periodos irregulares. O boca-a-boca dos leitores é que faz o blog se manter vivo. E não deixem de me passar sugestões de assuntos sobre os quais eu possa escrever, terei o maior prazer em pelo menos tentar atender às demandas. Obrigado, e vamos em frente até a postagem 3000!

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com)

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com: ,
Publicado em Reflexões, Social
7 comentários em “Post de número 200 (ducentésimo)
  1. Léo disse:

    Parabéns, Zé! E que o blog chegue (e ultrapasse) a postagem 3000 🙂

    Abraços,

    Léo (sempre monitorando, via Google Reader, as atualizações)

  2. PG disse:

    Parabéns Zé!
    Não é fácil manter um blog. Escrever recados de 140 caracteres é muito mais simples.
    O twitter é muito bacana e mais dinâmico, mas geralmente contém link para uma notícia ou postagem em blog. Por isso acho que está longe de substituir as postagens em blogs.
    Novamente parabéns pelo difícil número e regularidade.

  3. Salles disse:

    Parabéns pelo blog Zé!!
    Apesar de achar o Twitter uma ferramenta muito interessante eu acho que ele nunca vai substituir a leitura de bons blogs

  4. André Castro disse:

    Zé pra vc que gosta de bons Blogs segue uma sugestão.

    http://projetophronesis.wordpress.com/

    Abs,

  5. Parabéns JL. Fundamental sua preocupação em atender a demanda de seus FOLOWERS. “O grande problema continua sendo o mesmo: onde está a relevância do que vai ser lido? quem deve ser seguido, quem tem algo importante a dizer e que mereça ser lido? Ninguém tem tempo para ler tudo, ou será que tem?”. Atitude de um jogador de tênis, afinal, é a rebatida do “cara” do outro lado da quadra que torna o jogo, bonito de se ver. E você bate um bolão meu camarada. Volto aqui para comemorar seu smash de número 3.000 ! Abraços.

  6. Oi Zé, parabéns pela bela marca!

    abraços!

  7. railer disse:

    legal isso… eu nem sei qual foi minha postagem 200 mas já passei dela faz tempo… hehe sempre leio via reader e sempre que eu posso eu venho aqui comentar (mesmo que seja 00:05).

    pra mim o twitter e outras redes que tão surgindo são apenas transformações das que já existem. uma precisa da outra. muita gente, como eu, escreve a postagem no blog e coloca o link no twitter, pra atrair os leitores.

    meu blog é bem diferente, uso pra canalizar o gosto de escrever e também para falar assuntos mais relacionados a cinema, cotidiano, comportamento. tenho até uma tag tecnologia que tem coisa bacana, mas confesso que escrevo pouco.

    o que eu acho que falta no seu blog é fazer valer o subtítulo dele (tecnologia, profissão, dicas, música, piadas…). cadê as piadas?

    abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: