Barcelona

Sagrada Familia

Desculpem a ausência, o arrocho nas atividades acadêmicas não está me dando tempo para escrever com calma. Esse final de semana, finalmente, o tempo livre apareceu, e lá vamos nós. A foto ai do lado é da Catedral da Sagrada Família em Barcelona, obra mais conhecida do famoso, respeitado, estudado  e reverenciado arquiteto catalão Antonio Gaudi.

Passamos algum tempo em Barcelona na virada do ano 2010/2011, suficiente para aprender a admirar essa cidade cosmopolita, do mundo, e ter vontade de voltar lá quando houver $oportunidade$.  Antes de mais nada, um pouco de geografia: Barcelona fica na região da Catalunha, no nordeste da Espanha e bem próximo da fronteira com a França via os montes Pireneus, banhada pelo mar Mediterrâneo, berço da nossa civilização. Claro, não fomos à praia, inverno pesado com temperaturas em torno de -6C. Mesmo que fosse no verão europeu, ir à praia e deixar de mergulhar na cidade e suas atrações é completamente sem sentido, pelo menos para nós.

A cidade se modernizou e cresceu muito depois dos Jogos Olimpicos de 1992, quando todo o centro foi remodelado, transportes melhorados, a Vila Olimpica enorme melhorou a oferta de imóveis e atraiu para a região moradores com grana para gastar, pois os imóveis são muito caros. A situação geográfica privilegiada garante um suprimento de frutos do mar e frutos da terra inigualáveis. Frutas lindas, que a gente pode comer ali mesmo no Mercat St. Josep, La Boqueria, que fica na famosa rua La Rambla, que é o centrão turistico da cidade. Nunca vimos tanta coisa junta num mesmo lugar, mesmo sem fome dá fome, não tem jeito. Frutas lindissimas, caranguejos e lagostas ainda vivos nos balcões, queijo de todo tipo, pães idem, vinhos, muito movimento de nativos e de turistas, imperdível. La Rambla passa pela Plaça de Catalunya, centro nervoso da região central da cidade, tudo gira em torno dela. Estações de metrô, enormes lojas de departamentos como por exemplo o El Corte Ingles que segue o modelo da Harrods londrina  (estou falando apenas do tipo de loja, a Harrods é incomparável, certamente o centro de compras mais badalado e mais caro da Europa). No inicio da noite de 31 de dezembro de 2010, passamos por lá várias vezes, praça completamente lotada de turistas e nativos, já se preparando para a virada do ano, fascinante. Gente de todo canto, linguas diferentes o tempo todo, roupas diferentes, gente de bicicleta, a pé, tomando vinho, comendo, enfim, uma festa ao ar livre.

O centro velho de Barcelona fica nas imediações da La Rambla. Andando poucos metros, é como se a gente passasse em um túnel do tempo, saindo do burburinho moderno e caindo em uma região completamente diferente. Construções antigas, muito bem preservadas, pátios enormes transformados em praça de alimentação e compras para turistas, muitas atrações na arquitetura. Tudo muito charmoso,  tem que passar por lá com muita calma para apreciar tudo, entrar nas lojas e inúmeros cafés, tomar um vinho sossegado, enfim, jogar tempo fora e deixar a cultura entrar pelos olhos, ouvidos, nariz e garganta e atingirem a mente, melhorando nosso modelo de mundo. Digno de nota é a limpeza do local, eles criaram um sistema subterrâneo de coleta de lixo que é lançado pelos garis em tubos que ficam nas ruas, e o lixo é sugado para uma central, dispensando o tráfego de veiculos para fazerem a coleta pesada.

Claro, fomos visitar a catedral da Sagrada Familia, seria um pecado não fazer isso. Escolhemos fazer essa visita no dia 1 de janeiro de 2011, escolha feliz, sem filas, tudo a nossa disposição para fotos e para explorar calmamente essa mais grandiosa obra do Gaudi. Infelizmente, não dá para descrever com palavras, é de perder o fôlego. O processo criativo do Gaudi é coisa de louco, de outro planeta como comentou  nosso genro, as formas são magnificas, tudo recursivo, uma forma se encaixa na outra indefinidamente dando origem a construções que, na minha cabeça de professor de engenharia de software em férias, não seguem nenhum conjunto prévio de requisitos, apenas seguem em direção a um ponto inatingivel, e vão indo. Melhor ainda, ganhei recentemente dois livros sobre o Gaudi, um somente de fotos de obras dele que nem nos passou pela cabeça conhecer devido ao tempo curto, e outro uma biografia que conta a história toda e fala do processo criativo. Nossa amiga Elaine Cavalcanti Gomes, colega professora de Arquitetura na UFV e que fez uma especialização na Cátedra Gaudi em Barcelona estudando Gaudi, nos fez esse presente inestimável e impagável.

Não poderiamos deixar também de visitar o Estádio do Barcelona, e ai o queixo caiu de uma vez por todas. Aquilo não é um time de futebol, é uma empresa muito bem administrada, o estádio é também indescritivel. Ganham dinheiro até com um espirro de turista, um complexo esportivo com todas as modalidades concentradas lá, o estádio de futebol é apenas uma parte. Museu do futebol no Barcelona, tudo documentado e muito bem exposto, 19 euros a entrada, uma enorme loja com tudo o que se imaginar, desde camisas do time, bolas, até vinhos, lápis, canetas, agasalhos, e até, pasmem, preservativos – camisinhas, tudo com o logo do Barcelona.

Enfim, não tenho como descrever mais. Recomendo, se tiverem oportunidade, não deixem de ir a Barcelona. A visita e a cidade ficam cravadas na gente o resto da vida, a gente fica sempre com aquela sensação de que deveria voltar lá pelo menos mais uma vez. Em breve, outra postagem sobre outra cidade também fascinante: Londres.

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com)

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com: , ,
Publicado em Dicas, Saúde, Viagem
3 comentários em “Barcelona
  1. railer disse:

    quero muito conhecer barcelona. já estive na espanha, mas não rolou de ir lá.

  2. Pat Filardi disse:

    Amei Barcelona ,dos blogs que li a sua explicaçao sobre a cidade é a mais perfeita! Me emocionei novamnete ao ler sobre a Sagrada Familia e o processo criativo de Gaudi!
    Parabens !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: