A dança das áreas na computação

Em uma palestra que fiz semestre passado sobre Tecnologia e Carreira, a convite da Nobugs – Empresa Júnior de Informática, incluí uma seção sobre as novas áreas de computação, que certamente farão parte das novas exigências de conhecimento para o mercado, em curto prazo. Essa é uma “palestra viva”, que mantenho atualizada e  procuro repetir a intervalos de no máximo dois anos. Este ano, utilizei a tabela que vai abaixo, extraída de um artigo da ACM – Association for Computing Machinery, citado no final da postagem. Esse quadro também é um quadro vivo, atualizado regularmente pelos responsáveis por acompanhar a evolução da área e as mudanças que ocorrem nos fundamentos, dentre eles o professor Peter Denning, que mantém na revista CACM a coluna referente a carreira, mudanças na carreira, rumos, etc.

 

image

A tabela tem três colunas: Computing-Core Disciplines, Computing-Intensive Disciplines, e Computing-Infrastructure Disciplines. Começando pela coluna mais da direita, ela indica as áreas relacionadas com infraestrutura de computação ou de TI e as novas carreiras derivadas dela. Por exemplo, Web programmer aparece em negrito, indicando que agora essa é uma demanda do mercado que está ajudando a moldar um novo ramo na carreira que, em algum momento, pode levar ao aparecimento de uma verdadeira área com vida própria. Por enquanto, Web programmer é apenas uma exigência para infraestrutura e é fundamentada em conhecimentos tradicionais de outras áreas. Na coluna do meio, ficam relacionadas as disciplinas ou áreas que passaram a depender do uso intensivo da computação. Estão relacionadas ai, por exemplo, Bioinformática, E-commerce e as demais, e a área de Network science aparece em negrito, indicando que agora ela tem importância reconhecida e se expandiu para além da área tradicional das redes de computadores. Por exemplo, o estudo das redes sociais deve ser feito utilizando recursos dessa disciplina,  e esses recursos foram sendo agregados e adaptados de outras áreas. Finalmente, a coluna da esquerda, que mostra as disciplinas fundamentais da área de computação, indica também a movimentação (inclusão e desaparecimento) de áreas. Reparem que as áreas de Cloud computing e Cyber security aparecem em negrito, indicando que essas áreas amadureceram e passaram a ter fundamentos próprios, justificando a sua inclusão dentre as áreas fundamentais da computação, devendo influenciar as próximas edições dos curriculos de referência da ACM, por exemplo. Em algum momento do passado, outras áreas também teriam aparecido em negrito, como por exemplo Computer graphics que hoje já é incorporada definitivamente no conhecimento fundamental da área. 

O interessante desta tabela é a informação estratégica que ela fornece. Por exemplo, os cursos tecnológicos que têm pipocado tanto aqui quanto no exterior são baseados na coluna da direita. Web programmer se transformou em um curso superior de curta duração, tecnológico, que forma os profissionais para suprirem essa alta demanda do mercado. Olhando a coluna do meio, somos obrigados a prestar atenção em Network sciences, que em pouco tempo vai migrar para a coluna mais da esquerda e vai fazer parte dos fundamentos da área. E finalmente a coluna mais da esquerda, mostra claramente o caminho a ser seguido na formação básica a ser proporcionada aos alunos de cursos de formação plena, como os bacharelados. 

(Base para esta postagem: Peter J. Denning and Dennis J. Frailey. The profession of IT: who are we – now? Communications of the ACM 54(6):25-27,June 2011.)

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com)

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com:
Publicado em Carreira, Educação
6 comentários em “A dança das áreas na computação
  1. Valter Lobo disse:

    Onde se enccaixa “Análise de requisitos de Software ou negocios”

    • em engenharia de software, que hoje é uma enorme área, detalhada pelo SWEBOK. requisitos ainda é uma área na eng. software, mas em breve vai começar a aparecer na coluna da direita, como uma profissão separada, tipo Engenharia de requisitos…

  2. Leo disse:

    Não encontrei a disciplina Sistemas Distribuídos. Cloud ?

  3. Rômulo disse:

    Zé Luis, você poderia me responder qual a área de TI mais promissora para daqui uns 5 anos?

    • dificilimo prever com precisão. mas, engenharia de software certamente vai continuar em ascensão. a parte de projeto e desenvolvimento de sistemas embarcados, idem, essa é uma especialização que já está em alta. redes idem, mas redes de dispositivos, já estão em alta. e a parte de BI e data mining, gerência de grandes volumes de dados, idem. enfim, eu acho dificil falar uma área que não vai estar em crescimento, mas na minha visão, essas ai já estão mostrando as tendências. abraco,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: