James Bond, 50 anos depois…

MV5BOTU3NzExMTQ4N15BMl5BanBnXkFtZTcwMjkzNzQzNA@@._V1._SY317_ Não podemos deixar passar em branco os cinquenta anos de lançamento do primeiro filme do nosso herói James Bond 007, em outubro de 1962: 007 contra o satânico Dr. No. Maior sucesso na época e, prá dizer a verdade, até hoje faz sucesso. Era muita emoção, só tínhamos TV preto e branco e pegando mal mesmo com BomBril na antena, jogo de futebol era só no rádio (eu “assistia” os FlaFlu ouvindo na rádio Nacional), nossa maior diversão era mesmo o cinema, ninguém perdia qualquer filme que fosse.  E o nosso herói James naquela ilha do Dr. No com a Ursula Andress, era o sonho aquela cena consagrada em que ela sai do mar tirando água dos cabelos (hoje todo mundo ia pensar que era comercial de xampu…)

Os carros do futuro, os relógios que podiam tudo, as canetas que serviam para tudo (até para escrever) e que eram o diabo na mão dele, os óculos com retrovisor, as brigas elegantes que ele travava e nem levava porrada nenhuma, e as belas mulheres, tudo isso fazia parte das conversas e dos sonhos da nossa juventude que curtia a Jovem Guarda e os Beatles. Foram 23 filmes no total, contando o novissimo Skyfall. As músicas dos filmes faziam e ainda fazem sucesso nas rádios, com um monte de interpretações. Quem não se lembra de gravações de Diamonds are Forever, original com a Shirley Bassey? 

Para quem assistiu a todos os filmes do James-007, o Sean Connery continua sendo a personificação do nosso herói. Dificil falar de todos os atores que encararam a dura tarefa de fazer o 007 nas telas, com a dura missão de manter o carisma, o charme e o mistério do original. Depois dele, só mesmo o atual Daniel Craig conseguiu unanimidade,  Casino Royale ficou um show, e eu ainda não vi 007 – Operação Skyfall, que é muito elogiado.  Estou ouvindo o tema nesse instante, interpretação da Adele, vai estourar com certeza.

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com:
Publicado em Dicas, Filmes
Um comentário em “James Bond, 50 anos depois…
  1. Flvio Oliveira de Sousa disse:

    Boa dica.😉

    Em 13 de novembro de 2012 14:56, zeluisbraga

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: