Morar no centro da cidade

image

Moramos no centrão de Viçosa. Como em todo centro de cidade do interior, perto da igreja matriz, dos bancos, hotéis, boa parte dos restaurantes e botecos, padarias, supermercados, mercados, escolas, farmácias e hospitais e da cachorrada da nossa vizinha (seguramente uns 50). Tudo isso significa garantia de barulho 24 horas, à noite melhora um pouco, mas nem tanto. E de quarta-feira em diante, começa o final de semana nos botecos e das festas, o fluxo de ida e volta para a região do bar do Leão passa todo por aqui. Mais ou menos 22 horas prá lá, e depois de 3 horas da madrugada do dia seguinte, de volta. Vez por outra, algum mais animado toca o interfone daqui de casa, em plena madrugada.

Pareado com os problemas do centro, temos enormes vantagens de morar por aqui, que superam em muito os problemas. Não precisamos de carro para nada, é tudo muito perto, tudo a menos de 500 metros. Carro, só mesmo quando não há outra alternativa, o que é muito raro de acontecer. O movimento intenso de veículos e de pedestres nas 24 horas de cada dia, melhoram demais a nossa segurança. E de vez em quando ainda circula uma patrulha da PMMG. Segurança nas nossas cidades é ser conhecido, e morando no centro fica-se muito mais conhecido. Além de tudo isso, os serviços públicos tendem a ser melhores no centro, que é a região para onde tudo converge.

O centro das cidades deveria ser muito mais valorizado, e replicado em outros pontos (bairros)  das cidades. Isso descentralizaria o movimento, valorizando outras áreas e permitindo aos cidadãos resolverem o seu dia-a-dia mais próximo da moradia. Esta é, claro, opinião de um cidadão que entende muito pouco ou quase nada de urbanismo.

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com) (from Viçosa, MG)

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com:
Publicado em Reflexões, Saúde, Social, Sustentabilidade
3 comentários em “Morar no centro da cidade
  1. Fred disse:

    Muito bom morar no centro ou próximo à região central apesar da bagunça. Em BH moro no central. Perto de tudo, ônibus para todo lugar, padarias, lanchonetes, bancos e por ai vai. Pago um pouco mais caro, mas na hora de ir para o trabalho dá para ir a pé. Também acho mais seguro. Morei em um bairro mais afasta por 3 anos e aparentemente parecia seguro, mas os assaltos eram mais frequentes.

    • na verdade é muito mais seguro, Fred. problemas tem em todo canto, o centro também tem. mas as vantagens superam os problemas, de longe. não troco por nada, quanto mais velho, mais no centro eu quero viver. é muito conveniente, só de não depender do raio do carro prá nada, já é uma enorme vantagem. abs,

  2. railer disse:

    morar perto de lugares acessíveis é o que há.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: