Merda não afunda

DSC00698O título da postagem está um pouco grosseiro, mas não achei palavra melhor e mais “educada” ou mais “social”. Expressa bem o que estou sentindo, e talvez também uma grande maioria da população de nosso país, sobre o que tem acontecido em nosso pobre e espoliado Brasil. Que não é privilégio só nosso, a corrupção é um mal que se alastrou pelo mundo afora, é problema para todos os países, o que muda é apenas o nível em que ela é praticada. A OECD – Organization for Economic Cooperation and Development  é uma organização mundial que congrega vários países, dedica um enorme espaço ao problema incluindo  regras de transparência e padrões para ajudarem a combater a propina e a corrupção nos países membros. Vejam aqui  a página específica sobre o tema, tem muito material de boa qualidade. Dados indicam que os países subdesenvolvidos perdem ao redor de 1 trilhão de dólares por ano com corrupção e propina, é dinheiro que não acaba mais, suficiente para ajudar a resolver enormes problemas nesses países (educação, saneamento, saúde, etc). A Transparência Internacional criou um indicador, o CPI – Corruption Perception Index, que  avalia e compara os indicadores em vários países, vejam o relatório de 2015 aqui (outros estão disponíveis no mesmo sitio web). No mapa da corrupção do CPI2015, nosso pobre país está colorido com vermelho forte, indicando altos níveis de corrupção, cliquem no mapa para verem os dados.

Mais uma das lições que passo adiante, que não me lembro mais onde vi ou ouvi, talvez tenha sido mais uma filosofia de vida do  Didi Mocó em algum programa Os Trapalhões: merda não afunda, merda bóia, e quando você menos esperar, lá vem ela boiando no ribeirão direto em cima de você.  Que procurei repassar a quem convive comigo, incluindo meus filhos e na  sala de aula a meus alunos. Muitas lições a tirar daí no meu entendimento, a principal remete a princípios morais, honestidade, respeito aos demais semelhantes e à natureza, ética forte, etc. Que infelizmente foram esquecidos pela maioria dos que pertencem a algumas gerações passadas, perderam a noção do certo e do errado, perderam as referências. O resultado é o que estamos vendo hoje no país, e que deve ser aproveitado como uma enorme lição a ser aprendida e passada adiante nas novas gerações. Corrupção generalizada, propina desenfreada, nenhum respeito por nada se o lucro estiver em jogo, nenhuma cerimônia com o que é público e a perversa mistura do público com o privado. Muita coisa aflorando, muita merda vindo por aí no ribeirão, cada uma que aparece vem mais uma fila de outras “filhotes” no mesmo rastro.

Vai sobrar disto tudo, além dos escombros que precisam ser reerguidos, uma enorme lição para as nossas gerações, espero passem a enxergar o mundo com outra ótica, melhorando seu filtro para enxergar a realidade. A certeza nunca vai estar disponível, a verdade menos ainda pois ela morre com quem perpetrou os atos ilícitos, nunca vamos conseguir saber os detalhes e os envolvimentos. A mudança tem que estar em nós mesmos, na rejeição total a qualquer ato de desonestidade e corrupção, e na nossa coragem para enfrentar o desonesto bloqueando a corrupção no seu nascedouro. Será que dá para encarar?

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com) (from BH, MG)

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com: ,
Publicado em Opinião, Social, ZeRaivoso
2 comentários em “Merda não afunda
  1. Professor, gostaria de adicionar um citacao do pensador Danilo Gentili ao escatologico posto.

    “Num mar de esgoto, a merda sempre ficar por cima!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: