DarkNet

O livro é muito bem planejado e projetado e tem uma base científica muito boa. O autor dedicou três anos lendo e se
preparando para publicá-lo. A história se desenvolve em cidades do estado de Nova York perto da fronteira
com o Canadá, New York City  obrigatoriamente, e do Território Mohawk Kahnawake, que é uma reserva da nação dos índios  Mohawk de Kahnawáke na costa sul do rio St. Lawrence em Quebec, no Canadá (Montreal).    
Mais uma vez
o Teste de Turing, tão explorado pela ficção científica, surge como o teste através do qual personas virtuais (simulações de
pessoas reais) criadas aplicando técnicas de aprendizagem profunda (deep learning),  passam facilmente. Esses personagens são criados e mantidos “vivos” por enormes servidores e clusters de computadores, capazes de gerar gêmeos virtuais de pessoas do mundo real e de enganar qualquer pessoa, incluindo a própria pessoa do mundo real que é simulada. Este é o  pano de fundo do livro, e a história se desenvolve envolvendo jovens hackers, executivos financeiros mais velhos, assassinatos, ordens emitidas por personas virtuais para pessoas e organizações do mundo real. Minha área de especialização é ciência da computação e tecnologia, então foi muito fácil para mim acompanhar a coisa toda e entender detalhes técnicos. Não encontrei nada fora do normal ou não factível, a história é muito possível e talvez a tecnologia já exista. Lembrem-se de Singularity, um termo cunhado por Vernor Vinge em um artigo publicado em 1993 … Um excelente livro, faz tempo que não leio ficção científica, recomendado sem dúvida. 

ENGLISH VERSION
The whole book is very well designed and has a very good scientific base. The author dedicated three years reading
and preparing to release the book. The story develops in New York State cities close to the border with Canada, NYC
of course, and the Kahnawake Mohawk Territory, that  is a First Nations reserve of the Mohawks of Kahnawáke on the
south shore of the St. Lawrence River in Quebec, Canada, across from Montreal. Again the Turing Test, so much
over-explored by science fiction, comes to scene as the test through which human personas (simulations of real
world people) created by applying deep learning techniques pass. Those personas are created and kept “alive” by
massive computer servers and clusters, capable of generating real world people virtual twins and to fool anybody
including the real world person that it simulates. That is the whole backstage of the book, and the story develops
involving young hackers, old fashioned financial executives, assassinations, orders issued by virtual personas to
real world people and organizations. My area of specialization is computer science and technology, so it was quite
easy for me to follow the whole thing and understand technical details. I did not find anything out of this world,
the story is very much possible and maybe the technology already exists. Remember the Singularity, a term coined by
Vernor Vinge in a paper published in 1993… A very entertaining and good book, I would no doubt recommend it.

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com) (from Viçosa, MG)

Anúncios

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Marcado com:
Publicado em Ficção, Livros, Tecnologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: