Mingau de fubá

Ontem, como me acontece de vez em quando, me lembrei dos meus avós maternos, em conversa de cozinha. Foram os avós com que convivi toda a minha infância e juventude, e certamente de quem herdei boa parte da minha cultura familiar, bons princípios e algumas manias como o gosto pela leitura, pela música, pelo violão, pelas brincadeiras (de minha avó principalmente). O mingau de fubá é uma dessas lembranças muito fortes, que de vez em quando me volta à memória no rastro da saudade.

Antes de mais nada, será que todo mundo sabe o que é mingau? e de fubá ainda por cima? Vejam a foto aí do lado, é uma aparência típica do mingau de fubá: um creme, parecido com um angu mais molengo, e doce, coberto por canela. É um prato típico de café da manhã no interior de Minas, onde meus avós viviam. E meu avô Gastão adorava o mingau. Reunia os netos e quem mais estivesse na casa, na mesa do café da tarde (sim, aqui em Minas tem esse costume do café da tarde) principalmente, e faziamos uma roda de mingau com muita conversa. A gente era bem novo, eu sou o neto mais velho e tinha uns 6 ou 7 anos no máximo. Para a época, quase um bebê, menino crescido.

Conversa boa, que foi aos poucos ajudando a formar nossa cultura. Meu avô tinha paixão pelos livros e pela escrita, publicava artigos no jornal local de vez em quando, tinha gosto pela língua francesa (que era muito chique na época), e foi este o contexto em que cresci. Em algum momento meus pais se mudaram para outra cidade, e o mingau de fubá rolava somente nas férias. No mesmo formato, no mesmo lugar, com o mesmo gosto.

Interessante é que, do mingau de fubá mesmo eu não gostava, embora adore angu, mingau de milho verde, pamonha, etc., todos parentes do mingau de fubá. Eu preferia mingau de Maizena, que minha avó preparava com o mesmo gosto, e a mesa ficava mais ilustrada. Bons tempos, lindas lembranças. Os avós não morrem, os avós apenas ficam invisíveis, ou se mudam para o nosso coração.

A imagem do mingau de fubá veio do site http://receitasagora.com.br

(este artigo foi escrito por zeluisbraga, e postado no meu blog zeluisbraga . wordpress . com) (this post is authored by zeluisbraga, published on zeluisbraga . wordpress . com) (from Viçosa, MG(Estou no GoodReads)

Consultor Independente, Treinamento Empresarial, Gerência de Projetos, Engenharia de Requisitos de Software, Inovação. Professor Titular Aposentado, Departamento de Informática, Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil. Doutor em Informática, PUC-Rio, 1990. Pós-Doutoramento, University of Florida, 1998-1999

Publicado em Tecnologia
3 comentários em “Mingau de fubá
  1. Edinho Viçosa Gouvea disse:

    Voltei no tempo!!! Belas lembranças!

  2. Paulo Cezar disse:

    Memória afetiva gastronômica é muito forte. Cada mulher da família tinha uma especialidade e são lembradas sempre que o prato surge. Minha avó era pão dourado. Uma tia era um bolinho de carne, tipo hambúrguer, mas tudo muito caseiro. Uma prima faz um bife a cavalo sensacional. Minha mãe que era servente escolar, tem uma lista quase infinita… kkkk mas o gnocchi talvez fosse o imbatível… uma travessa era só minha … Ou seriam as bolinhas de coco no Natal … kkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: