Arquivos do Blog

Walden, a vida simples

Esse livro é um clássico da literatura mundial, mas notoriamente a estadunidense. Publicado em 1854, no meio do século XIX, foi um marco na vida de muitas pessoas, particularmente o movimento hippie dos anos 60, que foi baseado em parte

Marcado com:
Publicado em Livros, Opinião, Social

V2V: a rede veículo a veículo

Seguindo os passos dos veículos autônomos, carros sem motorista, etc., começam a aparecer ainda em estágio experimental novos avanços tecnológicos que vão tornar o futuro mais confiável e mais confortável para o ser humano. A ideia é promover a comunicação

Marcado com:
Publicado em Economia, Social, Tecnologia

Raciocínio lógico ainda é falha de formação

Até parece que estava lendo notícia antiga de há mais de 10 anos:  “Entre os quase 1,3 milhões de jovens de 18 a 28 anos de idade, inscritos em 94 processos seletivos de 53 companhias ao longo de 2015, somente

Marcado com:
Publicado em Carreira, Educação, Empreendedorismo, Social

Previdência 1: Repartição Simples

Acho que é um bom momento para escrever sobre previdência e seu modelo público no Brasil. A discussão está no ar, embora eu veja muita gente reclamando da proposta de Reforma da Previdência Oficial feita pelo governo, sem perceber que

Marcado com:
Publicado em Economia, Gestão de riscos, Social, Sustentabilidade

Idolos

O nobre inglês e filósofo Francis Bacon viveu entre o final do século XVI e o início do século XVII, ainda na onda das consequências benéficas do Renascimento. É considerado fundador da ciência moderna com enormes contribuições ao método científico, considerado

Marcado com:
Publicado em Educação, Filosofia, Social

Twitter, algumas dicas de uso

Estatísticas recentes sobre o uso do Twitter mostram que seu uso está em declínio, diante de concorrentes como SnapChat e outros com foco específico, como o Slack para uso corporativo, muito usado em gerência de comunicações em projetos (de software).

Marcado com:
Publicado em Dicas, Redes sociais, Social, Tecnologia

Isso não lhe pertence…

Os vários Fuscas (e outros carros) que tivemos na vida eram completamente nossos. Ia na loja, comprava e pagava, e estamos conversados. Era tudo hardware, tudo mecânico, não tinha nenhum software embutido exceto o que ia na cabeça do condutor.

Marcado com:
Publicado em Economia, Inovação, Reflexões, Social